Sabonete íntimo: qual é a importância de usar um sabonete específico para a minha região íntima?-Demosuco

Sabonete íntimo: qual é a importância de usar um sabonete específico para a minha região íntima?

Principalmente se você é mulher, você já deve ter ouvido falar sobre os sabonetes íntimos. Toda vez que uma mulher vai à farmácia ou perfumaria, ela encontra à sua disposição uma grande variedade de tipos de sabonetes, inclusive os  íntimos.

Eles são feitos para serem usados na área íntima das mulheres. Uma dúvida que é muito comum de ser levantada é se a mulher realmente precisa de um sabonete específico para área íntima.

Para chegarmos a uma resposta para essa pergunta, precisamos entender alguns conceitos para entender as necessidades da região íntima e como ela se difere das demais regiões do seu corpo.

Neste post, iremos te explicar:

  • Qual é a diferença entre um sabonete comum e um sabonete íntimo;
  • Quais são as vantagens e as desvantagens do uso do sabonete íntimo;
  • Qual é a maneira correta de usar o sabonete íntimo;
  • Algumas dicas gerais para uma boa higiene íntima.

Apesar de já terem se consolidado no mercado, essas são as principais dúvidas que surgem quando falamos de sabonete íntimo. Vamos entender mais sobre cada uma delas?

Qual é a diferença entre um sabonete comum e um sabonete íntimo?

A principal diferença entre o sabonete íntimo e os sabonetes comuns pode parecer pequena, mas na verdade é mais fundamental: O pH.

Sabonete íntimo: qual é a importância de usar um sabonete específico para a minha região íntima?

O pH é uma escala numérica que vai de 0,0 à 14,0 utilizada universalmente para especificar a acidez ou basicidade de uma substância. 

  • Se uma substância tem o pH com um valor entre 0,0 à 6,9, essa substância é considerada uma substância ÁCIDA;
  • Se uma substância tem o pH com um valor igual à 7,0, essa substância é considerada uma substância NEUTRA;
  • Se uma substância tem o pH com um valor entre 8,0 à 14,0, essa substância é considerada uma substância BÁSICA;

Entender isso é de fundamental importância porque o uso do sabonete íntimo se justifica justamente por conta do pH da região íntima.

A região íntima costuma ter um pH em torno do 4, por isso, é considerada uma região ácida. Já as demais partes do corpo, tem um pH acima de 7, sendo consideradas regiões básicas.

O sabonete comum tem um pH entre 8 e 9, então é considerado um produto básico. O pH da nossa pele varia de pessoa para pessoa, isso porque vai depender da sensibilidade e do tipo de pele, se ela é mais ressecada ou sensível, mas no geral, não costuma passar de 6.

O ideal é cuidar da área com o pH mais próximo dela. Se você usar o sabonete comum na região íntima, por terem pH diferentes, isso irá fazer com que o pH da sua vagina seja desregulado. 

Portanto, o ideal é usar o sabonete íntimo porque ele tem um pH mais apropriado para a região íntima

Dessa forma, o sabonete íntimo vai te ajudar a garantir e manter o pH da região da sua vagina ácido. Assim como você usa sabonetes diferentes para tomar o seu banho e limpar o seu rosto, também é importante ter um sabonete diferente para higienizar a sua região íntima

Isso é extremamente importante porque é a acidez dessa região junto com uma rotina de higiene adequada que ajuda a manter os lactobacilos e micro-organismos presentes na sua vagina vivos, além de formar uma barreira de proteção para a sua vulva.

É essa barreira de proteção que irá auxiliar o combate às infecções, corrimentos vaginais, ressecamentos, coceiras e outros problemas nesta região, como infecções urinárias principalmente durante a gravidez (que é o momento no qual a mulher fica mais vulnerável).

Quais são as vantagens e as desvantagens do uso do sabonete íntimo?

Como a maioria das coisas na vida, existe o lado positivo e o lado negativo de inserir algumas coisas na nossa rotina. Mas, cabe a nós mesmos colocar essas questões na balança e ver o que é melhor para o nosso caso, rotina e corpo.

Sabonete íntimo: qual é a importância de usar um sabonete específico para a minha região íntima?

As vantagens do uso do sabonete íntimo: saúde, higiene e hidratação

Já te contamos o porquê o uso do sabonete íntimo é importante. Manter o pH dessa região balanceado é muito importante para garantir a sua saúde vaginal.

A questão da saúde não impacta apenas a sua vagina, mas te afeta como um todo pois, se você estiver mais vulnerável e propícia a infecções, isso irá gerar novos gastos, preocupações e problemas que você não teria que lidar se tivesse tomado os devidos cuidados.

O sabonete íntimo também é excelente para uma higiene adequada da região vaginal. Existem muitas mulheres que tem problemas com odores ou secreções na região íntima que incomodam e muitas vezes acabam afetando a autoestima e autoconfiança da mulher.

Existem diversas fragrâncias de sabonetes para a região íntima, inclusive os sem perfume. Então, o uso desse item de higiene irá te ajudar a manter essa região limpinha e cheirosa (se você quiser, pois existe a opção sem cheiro também, viu?).

A grande a maioria dos sabonetes íntimos costumam vir na versão líquida. porque facilita o uso e é mais higiênico e mais prático por si só, né? Essa textura junto, com alguns componentes hidratantes acrescidos na formulação do sabonete, garantem a hidratação dessa região.

A hidratação da vagina não deve ser deixada de lado, devemos lembrar que ela também faz parte da nossa pele. Principalmente por ficar abafada por muito tempo, devemos ter um cuidado especial com a nossa região íntima, né?

Além desses benefícios, o uso do sabonete íntimo também garante uma sensação de bem-estar por mais tempo. 

Por isso, a hidratação vaginal é tão importante quanto manter a hidratação do resto do corpo. Mas lembre-se que a hidratação e a higiene íntima deve ser feita na parte EXTERNA da vagina, NUNCA na parte interna.

As desvantagens do uso do sabonete íntimo: excesso de uso, sensibilidade e alergia

Em relação às desvantagens do uso do sabonete íntimo, elas estão mais ligadas ao uso exagerado, ou seja, quando você usa mais do que três vezes ao dia.

Se você usar o sabonete íntimo em excesso, isso pode acabar gerando um pouco de sensibilidade na sua região vaginal, principalmente se você não souber fazer a higiene correta.

A fricção exagerada na vagina pode acabar removendo a camada lipídica da sua pele da região íntima e acabar gerando desidratação e perda da proteção cutânea que é justamente o contrário do que queremos quando optamos por fazer o uso do sabonete íntimo.

Se você não usar um sabonete íntimo adequado para o seu tipo de pele, principalmente se você tiver uma pele sensível ou alergia a algum componente do sabonete, você pode ter problemas de alergia.

Mas a alergia acontece com poucas pessoas e geralmente está relacionada com algum componente da formulação do sabonete mesmo e não com o sabonete em si. Por isso, é importante que se você tem problemas com alergia, você procure produtos mais neutros ou que não tenham ingredientes os quais você tem alergia.

É importante lembrar que o tempo de higienização, ou seja, o contato do sabonete íntimo com a sua vagina não deve passar de três minutos.

Você sabe como fazer a higiene da região íntima da maneira correta? Se não, não se preocupe que vamos te explicar!

Qual é a maneira correta de usar o sabonete íntimo?

Antes de começar a usar o produto ou mesmo depois de já ter iniciado o uso do sabonete íntimo, é muito importante que você converse com o seu médico ginecologista

Isso porque, como te dissemos, existe a possibilidade de que você seja alérgica ou tenha sensibilidade a determinados componentes da fórmula do sabonete íntimo. Pode acontecer também que você desenvolva ressecamentos na pele da vulva após o uso prolongado do produto.

Você pode estar se perguntando quando começar a usar o sabonete íntimo, mas não existe uma idade certinha para isso. Hoje em dia, já existem sabonetes específicos para adolescentes, que fazem parte da linha teens. 

Mas é muito importante que você consulte seu médico ginecologista antes de iniciar o uso do sabonete íntimo, principalmente se for adolescente. 

O seu médico é a pessoa mais indicada para lhe orientar sobre quando você pode começar a inserir o sabonete íntimo na sua rotina de higiene e qual produto é o mais adequado para o seu caso.

Portanto, ressaltamos a importância de você ficar atenta aos sinais, principalmente se após o uso você sentir algum incômodo (sinal vermelho!), pois o uso do sabonete íntimo não deve ser seguido de ardência, vermelhidão nem coceira na sua área íntima. Ou seja, nenhum incômodo deve acontecer.

O sabonete íntimo pode ser usado diariamente, assim como você usa o sabonete comum para lavar as demais áreas do seu corpo. Mas, existem alguns cuidados que você deve tomar, são eles:

  • Não use o sabonete íntimo para limpar a parte genital interna (além de aumentar as chance de reações alérgicas, a vagina é autolimpante e os fluidos que saem dela já garantem a sua limpeza);
  • Não exceda o uso de mais do que três vezes ao dia, mas o ideal é usar o sabonete íntimo apenas uma vez por dia;
  • Evite o uso do sabonete íntimo por mais do que três minutos seguidos;
  • Lave a região com delicadeza, sem esfregar com muita força.
  • O ideal é que higiene íntima seja feita somente com os seus dedos, água e  sabonete íntimo escolhido. O uso de esponjas, cotonetes podem raspar a vulva e acabar te machucando e ferindo sua vagina.

A higienização íntima deve se concentrar na vulva e grandes lábios, que fazem parte da região externa da vagina. A limpeza deve ser feita com movimentos leves.

Não há necessidade de higienização na parte interna, pois os fluidos produzidos por essa região já são suficientes para garantir a limpeza dela.

Algumas dicas gerais para uma boa higiene íntima

Reunimos algumas dicas para você tem uma boa higiene íntima. Afinal, todas as partes do nosso corpo merecem atenção e os devidos cuidados, certo?

Sabonete íntimo: qual é a importância de usar um sabonete específico para a minha região íntima?

  • Prefira optar por usar roupas íntimas feitas de algodão, porque assim você permite sua região íntima transpire.
  • Durante o período menstrual, evite ficar por muito tempo com o mesmo absorvente. Claro que você deve considerar a quantidade de fluxo menstrual, mas ficar por muito tempo com o mesmo absorvente pode criar um ambiente favorável para a proliferação de bactérias.
  • Evite lavar sua a calcinha no banho e deixar secar no banheiro pois o ambiente úmido pode fazer com que elas demorem para secar. Após lavar e enxaguar muito bem, deixe a sua calcinha secar em ambiente aberto, ventilado e, se possível, com sol para matar as bactérias ali presentes.
  • Evite sentar na tampa da privada de banheiros públicos, pois não tem como garantir que ali está limpinho e você correr o risco de contrair alguma doença;
  • Não use perfumes, pomadas, desodorantes ou hidratantes diretamente na sua vulva sem orientação médica;
  • Ao usar o banheiro, faça limpeza com papel higiênico sempre no seguinte sentido: da frente para trás. Assim, você evita qualquer contaminação vaginal já que você estará limpando da região mais limpa (vagina) para a que pode ter mais sujeira (ânus).

Esperamos ter te ajudado a se orientar sobre a sua higiene íntima. Qualquer dúvida, deixe aqui embaixo nos comentários. Um grande beijo!

Produtos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *