Fralda geriátrica: você sabe como fazer o seu uso correto e porquê devem ser usadas?-Demosuco

Fralda geriátrica: você sabe como fazer o seu uso correto e porquê devem ser usadas?

Todos nós queremos chegar a terceira idade com saúde e bem-estar, né? Sabemos que conforme avançamos na idade, ficamos mais propícios a desenvolver alguns problemas de saúde.

Assim como em um adulto mais novo, existem algumas questões que mexem com a auto estima do idoso. Uma dessas questões é a incontinência urinária

O uso de fralda geriátricas costuma fazer parte da vida dos idosos, principalmente daqueles que sofrem com problemas urinários ou que tem algumas limitações relacionadas a sua mobilidade e controle de suas necessidades fisiológicas básicas. 

Mas afinal, o que é a fralda geriátrica e para que ela serve?

Por conta da idade, é comum que o idoso não consiga mais segurar a urina e acabar precisando utilizar a fralda geriátrica. Apesar de parecer comum devido à idade, nem sempre o uso das fraldas em idosos é fácil de ser aceito pelas pessoas de mais idade.

A fralda geriátrica é um produto absorvente que serve para conter a urina e fezes quando o idoso faz suas necessidades fisiológicas. 

Existem alguns tipos de fralda para idosos, portanto é preciso analisar o caso do seu familiar antes de realizar a compra deste item. Por isso, é importante consultar o seu médico geriátrico para que ele lhe passe as melhores indicações para o seu caso.

Segundo o site Tena, os idosos tem algumas opções de fraldas geriátricas e você pode escolher o que se adequa a sua situação da melhor forma.

Se a pessoa apresenta incontinência urinária leve (baixo volume e frequência da perda urinária), você pode optar pelo uso de absorventes urinários, existentes tanto no modelo feminino quanto no masculino. 

Agora, se o adulto ou idoso apresenta tem a mobilidade não tão comprometida e ainda consegue usar o banheiro sozinho, existem modelos que servem como vestimenta, se assemelhando a uma roupa íntima, pois a intenção deles produtos é imitar uma calcinha ou uma cueca.

Essa opção tem a intenção de facilitar o uso do banheiro na hora de fazer as necessidades fisiológicas. Além disso, também ajuda a diminuir o constrangimento do uso de uma fralda geriátrica tradicional.

Fraldas geriátricas: você sabe como fazer o seu uso correto e porquê devem ser usadas?demosuco

Se a pessoa já não apresentar mobilidade, que é o caso de pessoas que estão acamadas, por exemplo, o time Tena recomenda o uso dos modelos mais tradicionais de fralda geriátricas (conhecidas também por protetores ajustáveis). Eles apontam que esse tipo de fralda é mais confortável para quem está usando e também facilita o cuidado prestado pelo familiar/cuidador.

Por que elas devem ser usadas?

Principalmente quando falamos de idosos que se tornam dependentes de outras pessoas, existem muitos idosos deixem de cuidar de sua saúde, pois o seu estado atual acaba mexendo com a sua auto estima e o indivíduo acaba se tornando uma pessoa difícil de conviver.

Existem familiares que optam por deixar o idoso em uma casa de repouso. Nestes lugares, os profissionais responsáveis por cuidar do seu familiar de mais idade estão capacitados para de alguma forma lidar com essa situação.

Fraldas geriátricas: você sabe como fazer o seu uso correto e porquê devem ser usadas?

Mas, sabemos que nem sempre ocorre o mesmo em casa. É neste momento que a família precisa ter bastante paciência e explicar ao idoso o que está acontecendo e porque ele precisa usar fralda.

É importante lembrar que existem várias formas de falar a mesma coisa. Por isso, não culpe o idoso nem diga que ele está fazendo você perder tempo. Ainda que o seu familiar já não esteja em sã consciência, ele continua sendo um ser humano e merece ser tratado com respeito e carinho.

Nós sabemos que um idoso exige muita paciência, por isso devemos reconhecer a força de quem cuida generosamente de idosos.

Quais são os cuidados necessários para a troca da fralda geriátrica?

Se você faz a troca da fralda geriátrica ou conhece alguém que faz, temos alguns pontos para te lembrar que precisam ser considerados. 

  • Quando for realizar a troca da fralda ou absorvente urinário, lembre-se de dar uma olhada nas condições da pele e mucosas do idoso.

Esse detalhe é de extrema importância porque devido ao uso da fralda, o idoso pode apresentar assaduras, a presença de manchas brancas ou até alergia. 

Se algo lhe aparentar estranho, consulte o seu médico de confiança

  • As roupas íntimas do idoso também precisam serem trocadas com mais regularidade.

Quando você realizar a troca da fralda, faça uma limpeza bem completa da região íntima, principalmente se houver a presença de fezes. 

A higiene da região dos genitais deve ser feita com água e sabonete neutro. Após lavar bem a área, seque muito bem, de preferência utilizando toalhas macias antes de colocar uma nova fralda ou vesti-lo.

Como saber se a fralda precisa ser trocada?

 Assim como no início da vida, quando os recém-nascidos e os bebês apresentam alguma irritação ou agitação, sabemos que eles estão com fome ou precisam ter suas fraldas trocadas. Com os idosos não é diferente. 

Por isso, é muito importante que você observe as atitudes e comportamento do idoso que você está cuidando.

Se ele apresentar irritação ou alguma agitação, é interessante já providenciar a troca da fralda.  

Quais são os principais benefícios do uso das fraldas geriátricas em idosos?

Te contamos para quem as fraldas geriátricas são indicadas e como elas como devem ser usadas. Agora, precisamos te contar quais são os benefícios de fato que o uso da fralda pode oferecer ao idoso e à você.

Fraldas geriátricas: você sabe como fazer o seu uso correto e porquê devem ser usadas?

Um ponto importante que deve ser destacado, é que as fraldas geriátricas devem ser  usadas após a indicação de um especialista ou médico geriátrico, após ter sido feita a avaliação da saúde e rotina do  idoso ao qual você quer inserir a fralda na rotina.

Melhoria da higiene pessoal do idoso

Não tem como dizer que uma das principais vantagens de usar fraldas em idosos é que elas contribuem e muito para uma higiene pessoal melhor tanto para eles quanto para o seu cuidador

A fralda proporciona a você mais controle sobre o odor, uma forma “fácil” de se livrar das fezes e da urina e mais praticidade porque você não precisa levá-lo ao banheiro, além de que as roupas não irão mais ficar sujas caso ele faça as necessidades em algum momento no qual você não está atento (a).

Essa liberdade e praticidade proporciona aos idosos mais conforto e faz com que eles se sintam mais protegidos durante todo o dia. 

Vale lembrar que a fralda escolhida para ser utilizada tem que ser no tamanho adequado para a pessoa que irá usá-la, para evitar que aperte ou que fique muito folgada, viu?

Evita o surgimento de assaduras e coceiras

Se você usa a fralda geriátrica corretamente e usa uma marca ou tipo apropriado para o seu caso, saiba se ela te proporciona uma boa absorção, ela também ajuda a capaz de evitar o surgimento de assaduras ali na região íntima.

Claro que não é só o uso correto da fralda que irá evitar o surgimento de assaduras. É necessário também limpar a pele do idoso de forma adequada e deixá-la sempre bem sequinha. É dessa forma que iremos diminuir as chances do surgimento de assaduras, garantindo também uma boa higiene íntima.

Quais são os principais malefícios do uso das fraldas geriátricas em idosos?

Como tudo na vida, existe o lado bom e o lado que merece uma atenção quando falamos do uso regular de fraldas geriátricas em idosos. Segundo o site Acvida cuidadores, existem alguns malefícios que merecem serem destacados.

Eles nos contam que a Universidade Federal Fluminense fez um estudo que aponta que aqueles idosos que costumam utilizar as fraldas geriátricas com mais frequência, acabam se tornando mais mais propensos a desenvolver algumas infecções e doenças relacionadas a sua pele.

Esse estudo foi feito por meio de uma análise de pessoas idosas durante internação hospitalar. Ele aponta dois principais malefícios do uso regular das fraldas, são eles:

As fralda geriátricas podem causar dermatites

A dermatite nada mais é do que uma inflamação na pele, que pode acabar causando vermelhidão, coceira, pequenas bolhas e descamação.

Geralmente, elas costumam ser provocadas pela incontinência urinária e acabam sendo mais frequentes com o uso das fraldas. 

A relação entre a dermatite e a fralda acontece porque a urina e as fezes do usuário da fralda geram uma certa irritação na pele do idoso.

Junto com a umidade gerada e o calor na região íntima da pele que tem o contato direto com a fralda, isso acaba se agravando e provocando a dermatite cutânea.

Por isso, se o uso da fralda for uma indicação médica ou do seu profissional cuidador de idoso, lembre-se sempre de trocar regularmente a fralda para evitar um contato muito prolongado da fralda molhada com a pele do usuário. 

É cuidando bem da higiene, trocando de forma regular as fraldas e mantendo o idoso sempre limpinho e sequinho que iremos conseguir evitar a irritação, ulceração e desconfortos na área íntima dele causados pela fralda usada.

A fralda geriátrica acaba deixando o idoso mais propício a ter infecção urinária

Bom, além das dermatites, o uso contínuo das fraldas em idosos pode deixar-lo mais suscetível a ter infecção urinária

Quando isso ocorre, o idoso sempre algumas alterações na sua via urinária (como ardência ou dor ao urinar). 

A infecção urinária costuma ser provocada devido a presença de bactérias na própria urina dos usuários das fraldas e está associado ao uso prolongado da mesma fralda. Por isso, é muito importante a troca regular da fralda geriátrica.

A infecção urinária também pode ser causada se a higiene íntima do idoso não for feita de forma adequada, seja pelo próprio indivíduo no seu autocuidado diário ou pelos cuidadores de idosos.

Se acontecer com você, é necessário que você procure um médico imediatamente para lhe ajudar a realizar um tratamento adequado para poder resolver o problema da infecção urinária.

Além do tratamento, você deve se atentar a evitar de deixar que a fralda suja fique muito tempo em contato com a pele do idoso. Assim, além de proporcionar a ele um bem estar, você evita o surgimento de infecções urinárias e dermatites no futuro causadas por esse motivo.

Mas afinal, devo ou não devo usar as fraldas geriátricas?

A resposta para essa pergunta depende muito do seu caso, afinal o uso da fralda geriátricas precisa ser avaliado com atenção.

Sabemos que muitas vezes não tem jeito e que inserir as fraldas geriátricas é praticamente obrigatório. 

Mas antes de fazer a escolha, converse com o seu médico de confiança, entenda  quais são os cuidados que você precisa tomar e qual é a maneira correta de utilizá-la. Dessa forma, você consegue diminuir as chances de que o uso da fralda provoque algum dano ao idoso.

Fraldas geriátricas: você sabe como fazer o seu uso correto e porquê devem ser usadas?

Além disso, para evitar que surjam problemas devido ao uso das fraldas, ressaltamos importância de uma higiene íntima regular e eficaz. Isso faz toda a  diferença na vida e bem-estar do mundo. 

O tempo que o idoso passa com a fralda molhada ou suja está intimamente relacionado com o aparecimento de infecções urinárias e dermatites na pele dele. Portanto, o ideal é que esse tempo de troca entre uma fralda suja e uma fralda limpa seja o menor possível, além de dever estar associado a uma higiene íntima bem feita entre essas trocas.

O que você achou desse post? Compartilhe com as pessoas que lidam ou convivem com idosos, principalmente cuidados ou aqueles que têm resistência em aderir o uso das fraldas geriátricas. Esperamos ter ajudado de alguma forma, fiquem bem! 

Produtos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *