Veja como funciona o reparador de pontas e quais os principais benefícios do produto

Descubra a maneira correta de aplicar o óleo para cabelos

Os óleos para cabelos têm a principal função de manter a umidade natural dos fios. Além disso, também possuem ação nutritiva, reconstrutiva, hidratante e antioxidante.

Eles protegem os cabelos contra as agressões externas, evitam o ressecamento, diminuem o frizz, condicionam, eliminam pontas duplas, dentre outras funções.

Além disso, os óleos para cabelos podem ser bastante úteis em situações específicas, como:

Sumário

Pré-coloração

Antes de iniciar o processo de coloração dos cabelos, independente se será aplicada uma tinta permanente ou um tonalizante, há alguns óleos capilares que podem ser utilizados para proteger e igualar a estrutura da fibra capilar.

Você deve aplicá-los apenas em regiões mais porosas, como as pontas e o comprimento do cabelo.

Protetor térmico

Há os que servem como protetores térmicos, protegendo as fibras capilares do calor excessivo dos secadores e chapinhas.

Descubra a maneira correta de aplicar o óleo para cabelos

Ao serem aplicados nos fios, eles selarão as cutículas capilares e, assim, os fios estarão controlados por um tempo maior.

Os profissionais aconselham que você dê preferência aos óleos para cabelo de origem vegetal, pois eles ajudam bastante na hora de desembaraçar os fios.

Pré-lavagem e antes de dormir

Antes de lavar os cabelos com shampoo, você pode fazer uso de óleos capilares que servem como protetores.

Não tem problema aplicar o produto diretamente na raiz.

Antes de lavar os fios, deixe o óleo agir em seus cabelos por alguns minutos.

Você também pode aplicar algumas gostas de óleo em suas madeixas antes de ir para a cama. Ao acordar, lave o cabelo.

O resultado fica lindo!

Para dar mais brilho aos cabelos

Os óleos capilares também servem como finalizadores. Eles dão brilho, maciez e agem como um anti-frizz poderosíssimo!

Se puder, tenha sempre ao seu alcance um vidrinho de óleo para cabelos.

Assim, sempre que sentir seus fios muito eletrizados, cheios de pontas duplas e com aspecto ressecado, aplique um pouco do produto nos cabelos.

Você perceberá uma mudança instantânea.

Cachos mais soltos e saudáveis

Os óleos capilares são ótimos para as crespas e cacheadas.

O couro cabeludo produz, naturalmente, uma camada de óleo que serve como proteção.

Contudo, devido aos fatores externos aos quais nossos cabelos estão diariamente expostos, essa camada de óleo acaba se desgastando.

Todos os tipos de cabelo precisam repor esse óleo, mas fios encaracolados merecem uma atenção especial.

Quanto maior a curvatura de um fio, mais dificuldade o óleo tem de chegar até as pontas do cabelo. Com isso, quem tem cabelos crespos ou cacheados são mais propensas a sofrerem com ressecamento e queda dos fios.

Portanto, os óleos para cabelos são ótimos para quem tem cachos, uma vez que eles mantém o cabelo saudável, macio e cheio de brilho.

Tipos de óleos capilares e seus benefícios

Óleo de umectação

São óleos para cabelos, e sua origem é vegetal. A função principal é nutrir profundamente as cutículas capilares.

São excelentes para cabelos opacos e quebradiços, pois devolvem o brilho e a maciez natural dos fios.

Para dar início ao tratamento, basta aplica-lo diretamente nos cabelos e deixar agir por uma média de 30 minutos.

É importante deixar que fique descansando esse tempo nos fios, pois assim será melhor absorvido e os resultados serão potencializados.

Óleo de coco

É um dos óleos capilares mais procurados e recomendados por cabeleireiros.

Ele é o favorito das pessoas donas de vastas cabeleiras cacheadas e crespas.

Descubra a maneira correta de aplicar o óleo para cabelos

O óleo de coco é tão bom, que na primeira aplicação você já consegue ver ótimos resultados.

É um produto riquíssimo em vitaminas E e K, bem como em ácidos graxos. Hidrata, restaura e nutre profundamente os fios.

Óleo de rícino

Outro óleo que está na lista de favoritos das crespas e cacheadas.

O óleo de rícino estimula o crescimento capilar, tem ação antibacteriana e antifúngica, combate a queda e quebra dos fios, além de nutrir e hidratar.

Óleo de jojoba

O óleo capilar de jojoba é o menos conhecido dentre os citados, mas sua ação nos cabelos é igualmente maravilhosa!

Além de nutrir e hidratar, ele restaura grandemente as cutículas capilares e auxilia no crescimento saudável do cabelo.

Esse óleo é bastante conhecido por deixar o cabelo extremamente brilhoso e com um aspecto de seda.

Óleo reparador

É um óleo capilar cuja função principal é tratar fios danificados. Esse tipo de óleo é usado para finalizar o tratamento dos cabelos.

Além de restaurar a fibra capilar, ele também nutre e hidrata profundamente os fios. Você pode usá-lo, inclusive, como protetor térmico e também para selar as pontas duplas.

Não exagere no uso de óleos capilares

Como qualquer outro produto, não exagere na dose do óleo para cabelos.

Mesmo que seus fios estejam bastante ressecados, despejar uma grande quantidade do produto não é a maneira mais inteligente de tratar o problema.

Contudo, se já pesou demais na quantidade aplicada, não se desespere, há solução!

Lave seus cabelos e, se possível, use um shampoo com efeito detox para deixar os fios mais leves.

Caso suas madeixas estejam realmente ressecadas e você não queira arriscar usar este tipo de shampoo, escolha outro que seja mais leve e de sua preferência. Alguns têm, inclusive, ação hidratante.

Mas afinal, qual a quantidade de óleo que devo aplicar em meus cabelos?

A dica que profissionais costumam dar é a de ir colocando pequenas gotas de óleo capilar nas mãos e passar no comprimento dos cabelos.

Descubra a maneira correta de aplicar o óleo para cabelos

Assim, você saberá o quanto de óleo seu cabelo precisa, bem como não correrá o risco de exagerar na dose e deixar os fios pesados e extremamente oleosos.

Uso meu óleo capilar antes ou depois de lavar os cabelos?

Isso vai depender muito do resultado que você está tentando alcançar.

Se o que você quer é apenas desembaraçar os fios, deixá-los macios e protege-los contra o calor excessivo da chapinha e do secador, o ideal é aplicar o óleo nos cabelos úmidos.

No entanto, se deseja controlar o frizz e acrescentar uma dose extra de brilho aos seus cabelos, além de protegê-lo de agentes externos, o aconselhável é que você aplique o produto estando com seus fios secos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *