Acne solar: o que é, sintomas, como tratar e evitar

Você provavelmente já ouviu falar sobre a acne e talvez até sofra com espinhas e cravos.

Mas você já ouviu falar sobre a acne solar?

Muitas pessoas acreditam que a acne surge apenas em pessoas de pele oleosa, mas não é bem assim.

A acne pode surgir por inúmeros motivos, como hormônios, alimentação, estresse e até mesmo o sol.

Sim, o excesso de exposição solar, especialmente durante o verão, pode ser nocivo para a saúde da pele causando manchas permanentes, queimaduras, melanomas e também, a chamada acne solar.

A acne solar é caracterizada pelo aparecimento de bolinhas vermelhas ou de pequenas bolhas de pus que secam mais rápido que as espinhas comuns e que aparecem no corpo após um período de exposição solar.

Essas espinhas costumam aparecer nas áreas mais oleosas do corpo, como o pescoço, o colo, o dorso, os ombros, o braço e, principalmente, o rosto.

E assim como a acne comum, quando não tratada, a acne solar gera complicações que deixam marcas não somente físicas, como manchas e cicatrizes, mas também psicológicas, podendo afetar a autoestima.

Apesar de aparecer com frequência durante o verão, a boa notícia é que a acne solar pode ser prevenida com alguns hábitos simples, como o uso diário de protetor solar.

E para te ajudar nessa missão, no post de hoje esclareceremos tudo o que você precisa saber sobre a acne solar:

Suas causas, seus sintomas, como evitar e qual o tratamento mais adequado para o seu caso.

Ficou curioso? Continue lendo para saber mais!

O que é a acne solar?

Você é do tipo que adora aproveitar o verão para tomar longos banhos de sol?

Saiba que o excesso de exposição desprotegida ao sol pode causar muitos danos à saúde da sua pele, como a acne solar, por exemplo.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a acne solar é um tipo de inflamação cutânea ocasionada pela mistura do excesso de oleosidade da pele com a exposição em excesso aos raios solares.

Assim como a acne comum, que ocorre majoritariamente na adolescência e na mulher adulta, pessoas com pele oleosa têm mais predisposição à acne solar.

A diferença entre os dois tipos de acne está nas causas do seu aparecimento:

Diferentemente da acne comum que é causada especialmente por conta da desregulação hormonal, na acne solar é o sol quem exerce o papel principal para o surgimento do quadro e por conta disso, ela recebe esse nome.

Acne solar: entenda o que é, como tratar e dicas para evitar

A acne solar se caracteriza ainda por um quadro de espinhas que atingem áreas específicas do corpo, como:

  • Rosto;
  • Pescoço;
  • Ombros;
  • Tórax;
  • Costas.

O excesso de exposição aos raios solares faz com que a pele produza ainda mais oleosidade, criando um ambiente propício para o surgimento de espinhas.

Além disso, as queimaduras provocadas pelo sol diminuem ação das células de defesa e por consequência, a pele fica mais grossa, dificultado a atuação das glândulas sebáceas.

Pessoas que possuem a pele seca têm glândulas sebáceas ineficientes e assim, a acne solar dificilmente aparece nesse tipo cutâneo.

Mas se a sua pele é mista ou oleosa, especialmente se for tendenciosa à acne, é bom ficar protegido e evitar banhos de sol excessivos.

Ficou difícil de entender?

Calma! Vamos te explicar direitinho como a acne solar pode surgir na sua pele quando você toma aqueles longos banhos de sol.

Como acontece a acne solar?

Em primeiro lugar, é importante compreender que a pele é um órgão destinado à proteção do corpo contra agressões externas, como os raios solares, por exemplo.

Os raios solares podem ser muito danosos ao corpo, causando manchas, queimaduras, câncer de pele e até mesmo a acne.

Quando você se expõe excessivamente ao sol, naquele lindo dia de verão, o organismo entende que a pele está sendo agredida e em resposta a isso, a derme fica mais grossa.

Isso dificulta a ação das glândulas sebáceas, que precisam secretar o sebo.

O sebo nada mais é do que a oleosidade natural da pele, criada para a hidratação e proteção cutânea.

Quando a pele está grossa, o sebo não é secretado e por conta disso, ele se acumula, obstruindo os poros e causando a acne.

Acne solar: entenda o que é, como tratar e dicas para evitar

Mas então, é só usar o protetor solar, certo?

Mais ou menos. Explicamos:

A combinação de exposição excessiva ao sol com o uso de um protetor solar inadequado propiciam não só o aparecimento da acne solar como também das suas complicações, que podem ser irreversíveis.

Por isso, mais importante que usar um protetor solar, é usar um protetor solar que seja adequado para peles oleosas.

Prefira protetores que são à base de gel ou de água, livres de óleo e não comedogênicos.

Quais são as causas da acne solar?

Além da exposição ao sol, a acne solar é também causada pela combinação dos seguintes fatores:

  • Predisposição individual;
  • Luz do sol, que aumenta a produção de sebo e de suor;
  • Uso de cosméticos inadequados durante o período de exposição ao sol, especialmente hidratantes e protetores solares.

Quais são os sintomas da acne solar?

É imprescindível distinguir a acne solar da acne comum, pois cada doença tem o seu tratamento específico.

Tomou sol e está com dúvidas se está ou não com acne solar?

Veja alguns sintomas que diferenciam esse tipo de acne:

  • Não há cravos;
  • Aparecimento de pequenas bolinhas vermelhas;
  • Aparecimento de pequenas bolhas de pus;
  • Espinhas que secam mais rapidamente que na acne comum;
  • Surgimento de coceira em alguns casos.

No modo geral, as lesões são assintomáticas e o que a diferencia da acne comum é especialmente a exposição recente ao sol.

Atenção: caso você esteja sentindo mal-estar, náuseas e dores de cabeça procure imediatamente um pronto socorro, pois pode estar sofrendo de insolação.

Como tratar a acne solar?

Está com acne solar?

Não há motivos para pânico: o tratamento é simples e é geralmente parecido com o tratamento para a acne comum.

Uso de sabonete com princípios ativos para regularizar a oleosidade da pele, tônicos e loções adstringentes.

Também é preciso ajustar o filtro solar e o hidratante, que devem ser adequados para o tipo de pele.

Para saber qual produto certo para a sua pele e qual vai te trazer mais eficácia, recomendamos que você consulte um dermatologista que será capaz de avaliar o seu caso e te receitar o melhor tratamento.

Quanto antes o acompanhamento com o dermatologista começar, maiores as chances de que o quadro de acne evolua de forma positiva e controlada, com menos sequelas como manchas e cicatrizes.

Caso o quadro fique agravado, com uma inflamação, por exemplo, o médico poderá receitar antibióticos tópicos ou orais para controlar a doença de dentro para fora.

Além disso, é essencial estabelecer uma rotina de cuidados para tratar da acne solar e manter a saúde da pele.

Para te ajudar nessa missão separamos algumas diquinhas que vão fazer a diferença na hora de tratar a acne solar.

Dá uma olhadinha:

Adequando o protetor solar

Todos nós sabemos que usar o protetor solar é indispensável quando vamos nos expor ao sol, não é mesmo?

Porém, em alguns casos, o uso do protetor solar errado pode atrapalhar mais que ajudar:

Alguns protetores possuem em sua composição ingredientes comedogênicos, ou seja, que têm o potencial de causar cravos e espinhas ou agravar o problema para quem já sofre com acne.

Além disso, a textura desses protetores geralmente é oleosa, favorecendo o processo da acne.

Ou seja, a combinação de sol em excesso com um protetor solar inadequado é realmente danosa para a saúde da pele.

Como explicamos anteriormente, os raios solares já possuem o potencial de causar espinhas e quando aliado a um protetor solar com uma textura super oleosa, tudo piora!

Acne solar: entenda o que é, como tratar e dicas para evitar

Por isso, é importantíssimo que você saiba que, seja qual for o seu tipo de pele, escolher um protetor solar adequado é essencial para evitar problemas inexistentes ou agravar os que já existem.

E se você quer escolher o melhor protetor solar para pele oleosa e acneica, fique atento as características de um bom produto.

O protetor solar deve ser:

  • Não comedogênico – que não obstrui os poros;
  • Livre de óleos – oil free;
  • Textura em aquosa em gel ou em serum;
  • Com toque seco e com rápida absorção.

Dessa forma, você consegue proteger a pele e, ao mesmo tempo, evitar o excesso de oleosidade, prevenindo a incômoda formação de futuras espinhas.

Proteção em dobro

Para evitar a acne solar, é importantíssimo ter uma proteção solar efetiva, que vai além do protetor solar adequado.

É preciso usar aparatos físicos que bloqueiem ou amenizem os impactos dos raios solares nocivos, como:

  • Roupas escuras;
  • Bonés;
  • Sombrinhas com tecido protetor.

Skincare para pele acneica e oleosa

Se você está sofrendo com a acne solar, é bem provável que você já tenha acne ou que a sua pele seja oleosa, certo?

Quem tem a pele acneica e oleosa sabe o quanto é difícil lidar com uma série de fatores incômodos, como o brilho excessivo, além do surgimento das espinhas no rosto.

Para combater a acne solar e todos esses problemas característicos da pele oleosa, é importante montar uma rotina de cuidados.

Acne solar: entenda o que é, como tratar e dicas para evitar

O ritual inclui uma boa limpeza de pele com produtos adstringentes, o uso do protetor solar com toque seco, spray antioleosidade à base de zinco, entre outros produtos.

Dá uma olhadinha em algumas dicas que separamos para te ajudar na missão de montar a sua rotina de cuidados com a pele.

Pela manhã:

  1. Comece o dia lavando o rosto com um gel de limpeza indicado para pele oleosa e acneica. Caso a sua pele seja sensível, procure um sabonete que elimine o excesso de oleosidade sem irritar o rosto.
  2. Aplique uma vitamina C com textura de rápida absorção e ativos que ajudem no controle da oleosidade, como o ácido salicílico.
  3. Use um protetor solar com FPS 30 ou acima, com toque limpo e tecnologia de controle da oleosidade.
  4. Caso você use maquiagem, a sua pele já está pronta para ser maquiada e começar bem o dia!

Pela tarde:

  1. Reaplique o filtro solar para manter a eficácia do produto e o mais importante: para manter a pele protegida, uma vez que o sol pode piorar significativamente a acne.
  2. Se você é dessas que sofre com brilho excessivo, uma boa ideia é que você invista em um spray antioleosidade.

Pela noite:

  1. Comece removendo a maquiagem com um lenço umedecido.
  2. Use uma água micelar para tirar as impurezas e poluições acumuladas ao longo do dia, além disso, a solução micelar também te ajudará a eliminar qualquer resquício de maquiagem que tenha ficado.
  3. Aplique um sérum que ajude a controlar a oleosidade e prevenir o aparecimento da acne. Dê preferência a produtos multibenefícios, com ação anti-idade, por exemplo.
  4. Para repor os nutrientes da região, aplique um hidratante facial para pele oleosa.

Dica: o ideal é que você espere o produto aplicado no rosto secar completamente antes de aplicar o próximo passo, pois assim, você garante que um não irá interferir no outro.

Por que protetor solar causa espinhas?

Você já ouviu falar que o protetor solar causa espinhas?

Saiba que isso é um mito: o protetor solar não impulsiona a produção de espinhas.

O que acontece, na verdade, é que algumas fórmulas são inadequadas para as peles oleosas, deixando o rosto com um aspecto pesado e gorduroso.

Vamos entender:

O principal motivo para a produção de espinhas no rosto é o excesso de oleosidade, que obstrui os poros, fazendo com que surja a acne.

Quem tem a pele naturalmente oleosa ou mista (onde o excesso de óleo se concentra apenas na zona “T” do rosto, ou seja, testa, nariz e queixo) geralmente têm tendência à acne.

Acne solar: entenda o que é, como tratar e dicas para evitar

E, portanto, quando é aplicado um protetor solar incorreto nesse tipo de pele, pode ocorrer o aumento da oleosidade, além da obstrução dos poros, fazendo com que surjam as incômodas espinhas.

A boa notícia é que existem no mercado tipos de protetores que são capazes de controlar a oleosidade da pele, evitando a acne e assim, sendo super amigo da pele oleosa e mista.

Ao comprar o seu protetor, fique atenta a algumas características que separamos a baixo:

Filtro solar com cor

O filtro solar com cor pode ser uma opção para as mulheres com vida corrida e de pele oleosa, que não gostam de aplicar muitos produtos na pele de uma vez.

Ele serve como uma base de maquiagem, mas com FPS mais alto e que tem poder de unificar o tom de pele.

Controle da oleosidade

Alguns protetores solares também são “oil free“, ou seja, livre de óleos em sua composição.

Essa fórmula também é ótima porque não deixa a pele brilhante, com textura gordurosa e nem com aspecto oleoso.

Já o protetor “oil control” ainda tem a vantagem de controlar a oleosidade que a pele produz ao longo do dia.

Rosto sequinho

Outra função vantajosa é o filtro solar com toque seco.

Ele possui a função de deixar o rosto livre de oleosidade e brilho em excesso durante o dia inteiro, além de garantir um toque matte à pele.

Ele espalha bem rápido e não deixa resquícios de brilho no rosto.

Quais são os melhores produtos para quem tem acne solar?

Hoje em dia, o mercado de cosméticos é muito diverso.

Com tantas opções, fica fácil  ficar confuso sobre qual o melhor produto para quem está sofrendo com acne solar.

A pele acneica, especialmente se a sua acne for solar, exige cuidados específicos e é preciso ficar atento aos produtos usados, pois alguns cosméticos podem piorar a situação.

Acne solar: entenda o que é, como tratar e dicas para evitar

A boa notícia é que a indústria da beleza já desenvolveu inúmeras linhas voltadas para quem tem acne solar, o que pode te ajudar a obter um rosto super lisinho e uma pele saudável.

As fórmulas desses produtos normalmente possuem substâncias que são capazes de controlar a oleosidade e cuidar dos impactos do sol na pele.

Dá uma olhadinha em alguns ingredientes que são super amigos da pele que está sofrendo com a acne solar:

  • Ácido salicílico;
  • Ácido retinócio;
  • Vitamina C.

O ideal é que você procure produtos da lista abaixo que contenham esses ingredientes, já que eles trazem comprovadamente inúmeros benefícios para quem está com acne solar!

Sabonete

A acne solar nada mais é do que um tipo de acne e como explicamos, o tratamento da acne comum é similar ao tratamento da acne solar.

Por isso, o ideal é que você opte por sabonetes faciais antiacne, uma vez que eles contêm ácido salicílico, o melhor amigo de quem está sofrendo com as espinhas.

Acne solar: entenda o que é, como tratar e dicas para evitar

O ácido salicílico é o grande queridinho entre os ingredientes para peles acneicas e não é por acaso:

Ele não só promove a renovação celular nas camadas superficiais da pele, como também age no interior do poro, ajudando progressivamente na sua desobstrução.

Além disso, ele remove profundamente as células mortas e o excesso de sebo.

Esfoliante

Para quem está sofrendo com a acne solar e, além disso, tem a pele do tipo oleosa, é preciso investir na esfoliação do rosto.

Essa esfoliação deve ser feita de uma a duas vezes por semana, no máximo, sempre antes de lavar a pele.

Portanto, na hora de lutar contra a acne solar, a esfoliação será a sua amiga uma vez que ela remove as células mortas.

Além disso, ela proporciona a renovação celular e potencializando a absorção de outros produtos.

Água micelar

A pele que está sofrendo com acne solar é uma pele sensível e por isso, a melhor aliada deste tipo de pele pode ser a água micelar.

Isso porque ela contém propriedades calmantes, que irão aliviar a pele e reduzir a vermelhidão, que é bem comum para quem está lidando com acne solar.

Ademais, a água micelar é multibenefícios:

  • Sua fórmula composta por micelas permite que ela limpe profundamente a pele sem agredi-la;
  • Desobstrui os poros;
  • Suaviza e acalma a derme, sendo ótima para peles sensíveis, pois reduz a vermelhidão instantaneamente;
  • Hidrata todas as camadas da pele igualmente;
  • Reduz o excesso de oleosidade e aquele brilho indesejado;

Ou seja, é um produto prático e quete faz economizar tempo e dinheiro, não é ótimo?

Além disso, a aplicação da água micelar é bem simples, podendo ser usada até duas vezes ao dia.

Tônico facial

Se o que você precisa é controlar a oleosidade da pele, então o tônico facial certamente irá te ajudar nessa missão.

Um veterano no mercado de beleza, o tônico facial é uma solução de limpeza à base de água feita para eliminar todos os resíduos.

O ideal é que você busque um tônico que contenha uma fórmula livre de álcool.

Dado que o álcool pode ressecar a pele, gerando o famoso efeito rebote: em reação à secura, a pele produz ainda mais óleo.

Quando aplicado corretamente, o tônico facial pode trazer inúmeros benefícios para quem está sofrendo com a acne solar:

  • Limpa profundamente, eliminando completamente resíduos que ficam impregnados na pele, como os de maquiagem, por exemplo;
  • Desobstrui totalmente os poros, evitando o aparecimento de cravos e espinhas;
  • Controla a oleosidade de maneira eficaz, deixando a pele ainda mais macia, sem aquele aspecto brilhoso indesejado;
  • Auxilia na cicatrização de espinhas;

Gel secativo

Mas se você está procurando um produto milagroso, que traz resultados super rápidos e ainda é seguro e recomendado pelos dermatologistas, então sua busca acabou!

O gel secativo ajuda no controle do processo inflamatório da pele que está sofrendo com acne solar, sendo um trunfo no combate das espinhas.

Isso porque ele contém uma grande quantidade de ácido salicílico e glicólico, além de agir diretamente nas lesões provocadas pelo sol.

Mas atenção: seu uso deve ser tópico e somente à noite, após lavar e tonificar o rosto.

Quem tem espinha pode tomar sol?

Ninguém gosta de ter espinhas, por isso os cuidados com elas sempre precisam ser redobrados, principalmente quando tomamos sol.

E se você já é do tipo cuidadosa, certamente está se questionando: quem tem espinha pode tomar sol?

A resposta é: depende.

Acne solar: entenda o que é, como tratar e dicas para evitar

Explicamos:

Em pouca quantidade e em doses baixas, o sol age como um anti-inflamatório natural nas lesões, secando as espinhas e amenizando a aparência visual.

Entretanto, a exposição em excesso e desprotegida faz o quadro de acne se agravar porque em resposta aos raios solares nocivos, a pele produz ainda mais oleosidade.

Desta maneira, o ideal é que a exposição seja de apenas dez minutinhos e no comecinho da manhã, antes das 10h. Na parte da tarde, depois das 16h.

Como se livrar das espinhas no verão?

Você já percebeu que durante o verão sua pele fica bem mais oleosa e com aquele aspecto pesado?

Isso acontece porque no verão, as altas temperaturas fazem com que as glândulas sebáceas trabalhem mais intensamente e o rosto fica mais oleoso.

Com a pele mais oleosa, aumentam também as impurezas e os poros tendem a ficar obstruídos, fazendo com que surjam várias espinhas e cravos.

Para te ajudar a lidar com esse problema, separamos algumas dicas que podem ser bem efetivas na hora de lidar com a acne de verão.

Lave o rosto com cuidado

Para quem está sofrendo com espinhas no verão, é imprescindível estabelecer uma rotina de cuidados com a pele.

Para isso, é preciso lavar o rosto duas vezes ao dia: uma vez pela manhã e outra pela tarde.

O melhor sabonete facial que irá te auxiliar na tarefa de higienizar o rosto com acne são aqueles que possuírem em sua fórmula:

  • Ácido salicílico;
  • Ácido glicólico;
  • Enxofre.

Cuidados com a alimentação

A alimentação é um dos principais causadores da acne.

Portanto, no verão, prefira alimentos que, além de leves e refrescantes, ajudam a manter a pele hidratada.

Frutas, verduras, legumes e sucos são ótimas pedidas.

Manter a pele saudável ajuda a evitar a proliferação das bactérias causadoras da acne.

Além disso, alimentos que são ricos em zinco e betacarotenos diminuem significativamente a produção do sebo e, consequentemente, as espinhas.

Assim sendo, abuse de saladas com folhas verdes escuras como:

  • Espinafre;
  • Brócolis;
  • Couve;
  • Agrião.

Sucos de manga e de pêssego também irão ajudar a proteger a pele.

Maquiagem

Sabemos que a maquiagem ajuda a disfarçar a aparência das espinhas que surgem no verão.

No entanto, assim como com o protetor solar, é fundamental ficar atento à formulação destes cosméticos, especialmente das bases e dos primers.

Fique atento à composição dos produtos:

Prefira maquiagens que sejam específicas para pele oleosa, com acabamento matte e com toque seco, além de uma fórmula livre de óleos e não-comedogênica.

Desse modo, seguindo essas dicas e mantendo uma alimentação balanceada e uma vida saudável, a sua pele agradece.