Início Comunidade

Comunidade

por Demosuco
Caminho de navegação do fórum - Você está aqui:ComunidadeDemosuco: GeralAVC: como evitar
ou Cadastrar para criar postagens e tópicos.

AVC: como evitar

O AVC, ou acidente vascular cerebral, é um problema que provoca diversas mortes no Brasil e no mundo. Existem algumas formas de se evitar a ocorrência desse problema, dentre elas podemos citar as seguintes:

  • Controle da taxa de colesterol;
  • Parar de fumar;
  • Evitar consumo de drogas ilícitas;
  • Dosar o consumo de álcool;
  • Balancear a alimentação;
  • Controlar a diabetes;
  • Manter o controle sobre a hipertensão arterial;
  • Perder peso e evitar a obesidade;
  • Fazer exercícios físicos regularmente.

Existem diversas formas, como vimos, de prevenir e evitar um AVC. No entanto, muitas pessoas acabam por negligenciar esses cuidados, levando então uma vida desregrada e sem os devidos cuidados.

Além de ter toda essa cautela, visitar seu médico regularmente também é uma ótima forma de manter a saúde sob controle e saber o que é preciso melhorar.

Vamos então agora saber mais a respeito do AVC, o que é, quais são os principais tipos, como evitar e outras informações que podem ser muito valiosas para todos.

O que é o AVC?

O AVC, também chamado de acidente vascular cerebral ou mesmo de derrame de forma popular, é um problema em que pode acontecer tanto o entupimento de uma artéria no cérebro, prejudicando assim sua oxigenação, quanto o rompimento desta.

De todo modo, o AVC é uma emergência médica que precisa de atenção imediata, fazendo com que seja preciso correr para o hospital assim que se nota os sintomas.

O AVC pode ter causas diversas, mas, de forma geral, com uma boa prevenção e cuidados com a saúde é possível evitar o problema e ter uma vida saudável.

Estima-se que mais de 100 mil brasileiros morram ao ano com o problema. Isso se dá muito pelo atual estilo de vida das pessoas, cada vez mais sedentárias e ingerindo comidas gordurosas.

Com a rotina diária de trabalho e casa, fica difícil achar espaço para praticar atividades físicas, o que leva muitos a irem para o sobrepeso e obesidade, que também podem causar um AVC.

Sendo assim, é preciso ter todo um cuidado com a saúde, com a ingestão de comidas gordurosas e com as atividades físicas para que se possa ter menos chances de desenvolver o problema.

Quais são os tipos de AVC?

Existem, de forma geral, dois tipos de AVC que podem acometer as pessoas e trazer danos e sequelas para o organismo.

  • Hemorrágico;
  • Isquêmico.

Vamos então agora conhecer um pouco mais de cada um desses dois tipos.

AVC hemorrágico

O AVC hemorrágico é talvez a pior forma do AVC e pode então ser a que traz mais perigos para a pessoa afetada.

Quando ocorre um AVC hemorrágico, uma artéria se rompe dentro do cérebro, provocando uma hemorragia na região.

Esse quadro pode trazer sequelas graves e permanentes e até mesmo pode provocar a morte. É muito importante socorrer a pessoa de forma rápida para minimizar esses riscos o máximo possível.

AVC isquêmico

No AVC isquêmico, não há um rompimento da veia ou artéria, no entanto, ocorre sim uma obstrução por placas de gordura ou coágulos de sangue, de forma que impede a passagem sanguínea e a oxigenação cerebral.

Essa falta de oxigenação também pode trazer diversas sequelas e problemas. Por isso, se faz também necessário o atendimento rápido.

O que leva uma pessoa a ter um AVC?

Diversos fatores levam uma pessoa a ter um AVC, dentre eles podemos apontar os principais:

  • Descontrole do colesterol;
  • Ingestão exagerada de comidas gordurosas;
  • Falta de exercícios físicos periódicos;
  • Diabetes descontrolada;
  • Sobrepeso e obesidade.

De forma geral, a má alimentação e falta de cuidado com a saúde são as principais causas do AVC.

Com a rotina normal do dia a dia, muitas pessoas acabam se descuidando da alimentação e também de uma boa rotina de exercícios. Isso traz diversos problemas de saúde, dentre eles o risco maior de desenvolver um acidente vascular cerebral.

Como evitar um AVC: primeiros socorros

Para prestar os primeiros socorros para um AVC e evitar maiores sequelas e até o óbito da pessoa, é muito importante que você consiga visualizar os sintomas principais. Veja quais são eles:

  • Fraqueza repentina em um dos lados do corpo;
  • Formigamento;
  • Mudanças e alterações na visão;
  • Tontura;
  • Dificuldade na fala;
  • Sonolência excessiva;
  • Dor de cabeça muito forte e repentina no caso de AVC hemorrágico.

Observando esses sintomas em si mesmo ou em alguém próximo, o mais importante é não ficar esperando melhorar, já que essa demora no atendimento pode ser extremamente prejudicial.

Esses sintomas não passam sozinhos e a pessoa precisa de atendimento médico imediato.

Busque ajuda em um hospital, preferencialmente que tenha tomografia, para que o socorro e tratamento possa ser ainda mais rápido.

Dessa forma, você contribui para que a pessoa tenha mais chances de ter menos sequelas e conseguir um tratamento melhor e mais efetivo.

O que comer para evitar um AVC?

Existem vários alimentos que podem contribuir para evitar um AVC, portanto, inclua em sua dieta os seguintes:

  • Cenoura;
  • Aveia;
  • Sardinha;
  • Chá verde.

De forma geral, ter uma alimentação saudável e balanceada ajuda imensamente a você evitar ter um AVC.

Isso porque esse problema geralmente ocorre por conta de má alimentação e excesso de gordura, causando assim obstrução nas artérias.

Sendo assim, é muito importante cuidar da saúde como um todo e incluir também esses alimentos em sua dieta normal.

Como evitar um AVC em jovens?

O AVC pode também acometer os jovens, porém, isso é mais difícil de acontecer. No entanto, algumas atitudes podem ajudar a prevenir o problema.

  • Fazer exercícios;
  • Controlar bem o peso;
  • Manter uma dieta saudável;
  • Reduzir o consumo de carnes gordurosas;
  • Comer mais frutas, verduras e hortaliças;
  • Evitar o estresse.

Por meio dessas medidas você diminui muito as chances de ter um AVC ou algum outro tipo de problema vascular mesmo sendo jovem.

A base de tudo para ter uma boa saúde é sempre fazer atividades físicas, ir ao médico e alimentar-se bem.

Seguindo à risca essas medidas, você consegue ter uma vida melhor e mais saudável e mais qualidade em seus dias.