Comunidade

Caminho de navegação do fórum - Você está aqui:ComunidadeDemosuco: O queO que é anisocoria?
ou Cadastrar para criar postagens e tópicos.

O que é anisocoria?

A anisocoria é uma condição em que a parte preta dos olhos, a pupila, fica em tamanho diferente em relação a do outro olho.

Em situações normais, a pupila modifica seu tamanho de acordo com a luz ambiente para que possamos ver melhor. Mas essa mudança de tamanho deve ocorrer sempre de forma parecida nos dois olhos.

Claro que pequenas discrepâncias são normais. No entanto, quando a diferença de tamanho entre uma pupila e outra é muito grande, pode significar um problema que representa uma emergência médica.

Hoje vamos falar um pouco sobre a anisocoria, por que ela ocorre e como tratar esse problema a depender da causa.

O que pode causar anisocoria?

Existem diversos fatores que podem vir a causar a anisocoria. Desde a própria genética da pessoa até doenças graves como um câncer ou AVC.

A anisocoria não deve ser ignorada. Assim que se note o sintoma de uma pupila estar maior do que a outra, a pessoa deve ser levada ao médico imediatamente.

Alguns dos problemas que podem causar um quadro de anisocoria são:

  • AVC;
  • Tumor no cérebro;
  • Quadro de enxaqueca;
  • Convulsão;
  • Traumatismo craniano;

Existem outras causas para esse problema, sendo a maioria delas preocupante e que requer um pronto atendimento.

O diagnóstico é feito pelo médico de forma imediata, apenas analisando o tamanho das pupilas em relação uma com a outra.

Após identificado o problema, o recomendado é que a pessoa seja transferida para o atendimento de um neurologista afim de analisar exatamente o que pode estar ocorrendo.

Pelo fato de as causas da anisocoria serem em sua grande parte graves, o atendimento deve ser imediato e o diagnóstico de outros problemas de saúde precisam ocorrer sem demora.

Assim aumentam as chances de se evitar consequências drásticas, já que alguns dos problemas causadores podem levar o paciente à morte.

Como tratar anisocoria?

Para tratar a anisocoria é preciso tratar em si o problema que veio a provocar aquele quadro específico.

Se a doença foi causada por um trauma, por exemplo, é preciso que seja realizada a imediata internação da pessoa e os procedimentos necessários para conter o problema.

Sendo assim, o tratamento da anisocoria é vasto e pode ser realizado de diversas formas a depender da causa do problema.

Cessando o problema causador, a anisocoria tende a ceder.

O médico mais indicado para cuidar desse caso, pelo menos a princípio, é o neurologista.

Isso porque a maioria das causas da anisocoria são de ordem neurológica ou cerebral, sendo poucos os casos em que o problema é apenas genético ou de ordem ocular.

Os problemas neurológicos tendem a ser mais preocupantes e requerem uma ação rápida para que a pessoa afetada possa superar a situação. Alguns casos mais sérios, como por exemplo um trauma encefálico, podem vir a ser fatais.

Ao menor sinal de um quadro de anisocoria, leve imediatamente a pessoa ao médico e não aguarde. O tempo de espera pela melhora pode ser crucial para vir a salvar a vida da pessoa no caso de um problema grave.